EXECUÇÃO

Durante a execução de um projecto a questão principal é manter o projecto dentro dos prazos e dos custos previstos. Certamente um bom planeamento, uma boa equipa e a previsão de vários imprevistos ajudará mas não chega.

Indicar que uma actividade está concluida a 10 ou 20% geralmente é insignificante. Num projecto apenas tarefas completas permitem avançar para passos seguintes. Existe a tendência para se afirmar que no caso de se ter gasto 50% do tempo atribuido a uma tarefa a mesma estará completa a 50%. Mas é conhecido que quando se indica que uma tarefa está a 90% habitualmente ela irá demorar sempre mais que os restantes 10% do tempo.

Uma forma de evitar esta situação é dividir uma tarefa em sub-tarefas mais pequenas aceitando apenas a conclusão destas sub-tarefas funcionam como a avaliação do estado do projecto.

 

Por vezes o facto de ter as tarefas encadeadas leva a que se assuma automaticamente que a derrapagem de uma semana numa tarefa crítica leva a que o projecto derrape automaticamente uma semana. Uma gestão mais activa poderá tentar ver se existem formas de recuperar o tempo perdido noutras fases.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Gestão de Projectos